8 :: VISITAR O EL ROSEDAL, EM BUENOS AIRES…

por 1000 coisas para fazer antes de morrer

…COM PAI, MÃE, SOGRA, PAPAGAIO

Quando eu era criança morava na Casa Verde (bairro na zona Norte de São Paulo) e acho que este período foi decisivo pra despertar em mim o gosto por jardins e casinhas.

Eu e meu pai íamos à igreja e na volta, depois de passar numa padaria e comprar balas (ou cigarrinhos de chocolate), a gente atravessava os morros que ligavam a avenida Casa Verde à nossa rua.
Não sei porque, mas lembro mais das noites de inverno, noites frias com aquela garoinha fina e suspensa que só São Paulo da década de 1970 sabia ter. A gente vinha conversando, eu perguntando todos os porquês do mundo e meu pai respondendo na maior paciência.
Entre um papo e outro a gente parava em frente a alguma casa com jardim na frente – daquelas antigas, com uma imagem de santo dentro de uma casinha iluminada – e observava.

O método consistia no seguinte: ver o botão de flor, esperar abrir um pouco e roub…ops! E colher a bichinha. Minhas preferidas eram uma mini roseira cor-de-rosa e um pé de copo-de-leite. É, uma menininha de trançinhas e um homem portando uma Bíblia na mão eram o terror das velhinhas donas de casinhas com jardim. Uma vez uma dona dessas pegou a gente no flagrante, ela estava esperando pra ver quem levava o botão de copo-de-leite fresquinho, na calada da noite e a gente teve que sair correndo – e rindo. Em casa este botão era colocado num copo com tinta de caneta Bic e no dia seguinte o copo-de-leite não era mais branco, mas azul.
Na verdade não lembro dele azul, mas acho que ficava mesmo.

Adoro rosas e copos de leite até hoje, meu pai também adora.

Por isso mesmo descobrir  El Rosedal em Buenos Aires, em plena primavera, foi algo sensacional pra família toda, mas especial para nós dois que compartilhamos dessa história tão bonita.
Este parque não é tão popular como o Jardim Japonês ou Zoológico mas fica pertinho e arrasa! Na verdade ele fica dentro de um complexo de parques chamado Parque 3 de Febrero. Sim, sim…Buenos Aires tem muuuuito verde e áreas bem cuidadas. Siiiiiim, eles se gabam cheinhos de razão quando dizem que são meio europeus. Nããããããããão, não é uma petit Paris, daí já é exagero, mas parece demais algumas cidades do Sul da Espanha – porque eu estou explicando tudo isso se Buenos Aires é logo ali e um mundo de brasileiros tem viajado pra lá até enjoar?!
Tentamos visitar o jardim na segunda-feira e demos com a cara na porta, que decepção. Até agora não sei se não abre as segundas ou se fechou um pouco antes do horário previsto, mas eu e o “véio” (apelidinho carinhoso em família) demos uma boa espiada pelo portão principal e mesmo de longe constatamos que merecia uma segunda tentativa no dia seguinte.

Voltamos e não decepcionou. Lugar per-fei-to. Um mar de rosas, lindo, bem cuidado, bem projetado, cheiroso, cheio de cantinhos, patinhos nenéns, pássaros. É minha versão do paraíso.

Ai se eu tivesse uma tesourinha…(brincadeirinha!)

…………………………………………………………………………………………….

Um rolê pelos parques de Palermo
Não bastasse as muitas praças e ruas arborizadas, no bairro de Palermo estão localizadas algumas atrações excepcionais para quem curte parques e áreas verdes.

• O maior, chamado Parque 3 de Febrero, conta com várias praças. Uma delas, a Plaza Holanda também é conhecida como El Rosedal, fartamente relatado nesse post. Também fazem parte desse parque o Jardim Japonês, o Velódromo Municipal, o Hipódromo Argentino além de clubes de tênis, centros de equitação e um campo de golfe. Tudo isso entremeado de lagos e grandes avenidas.

Tem mais coisas, olha o mapa:

• Fora dos limites do parque, mas situado muito próximo, está o Jardim Zoológico de Buenos Aires. Fundado em 1888, ocupa uma área de 18 hectares, que abriga 2.500 espécies de animais selvagens pertencentes a 350 espécies diferentes. É visitado anualmente por cerca de 3 milhões de pessoas, o que o coloca entre os mais visitados no mundo. Infelizmente eu não fui um deles, fica para a próxima.

• Mais duas que mereciam uma visita mas vão ficar para a próxima: O Jardim Botânico e o Planetario Galileo Galilei. Na verdade a cidade oferece atrações para um ano de viagem. Se você quiser dar prioridade para outras atrações visite o site de oficial de Turismo de Buenos Aires.

2 Responses to “8 :: VISITAR O EL ROSEDAL, EM BUENOS AIRES…”

  1. Bem cachorra voce hahahaha tesourinha!! hahahaaha Lugar lindo e estoria maravilhosa! beijo.

Trackbacks

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: