22 :: ESTAR NUM LUGAR QUE INSPIROU…

por 1000 coisas para fazer antes de morrer

…UM LIVRO E LÊ-LO DEPOIS

Eu já fui pra lugares depois de ler algum livro mas este caso foi o contrário.

A história acontece em algum lugar entre San Jose e Cabo de Gata, em Almeria. Caímos lá meio por acaso, depois de fugir da chuva no norte da Espanha, nosso destino inicial depois de uns dias em Barcelona.
O imprevisto foi tão legal que posso dizer que valeu a pena deixar o museu de Salvador Dalì pra outro dia, outro ano, pra outra vida – se ela existisse.

Curtimos muito, conhecemos estradinhas lindas, vistas maravilhosas, o hotel era baratinho – e bem bacana – e o calor durante o dia era bom depois da noite fria, tão, tão gostosa…

No dia da partida deixamos reservado um mapinha e uma curiosidade para matar, estava lá de um jeito meio tosco: a igreja que inspirou Federico Garcia Lorca em Bodas de Sangue.
Nem tinha lido Bodas de Sangue mas lá fomos nós pelas estradinha de terra, no meio de plantações de cactos a procurar a igrejinha por pura diversão.

Ninguém para perguntar, nem um cachorro perdido na estradinha. Eramos só nós dois e o senso de direção (masculino, lembro) a procura de uma igrejinha perdida no meio do nada.
E em menos de meia hora…achamos!

Foi tão legal – acho que está meio bobo escrevendo, mas foi legal sim!
Foi o máximo achar a igrejinha sem ter pra quem perguntar, sem placas, sem ruas, sem nada, apenas com um ótimo faro e vontade pra achar coisas.

Lendo o livro tive CERTEZA que foi por aqui que a noiva fugiu com o seu amante, Leonardo

E, sei não hem…acho que o livro menciona estes fornos.

Semanas depois de voltarmos de férias ganhei uma edição antiguinha da peça (de 1968!, nº 183 mais especificamente…), daquelas com cara de sebo empoeirado.

Li a peça em uma hora (é curtinha) degustando cada minutinho do mix da leitura com as sensações que senti naquela igrejinha silenciosa, com uma atmosfera abafada, de dar arrepios na espinha.

É bem capaz que seja uma pegadinha turística mas bem que poderia ser mesmo a tal igrejinha do livro.  Pra mim é.
E, da minha cama, eu quase pude sentir de novo o cheiro da poeira seca e vermelha da Andaluzia.

Anúncios

2 Comentários to “22 :: ESTAR NUM LUGAR QUE INSPIROU…”

  1. A foto desta igreja ficou ótima!! Amei!! Que coisa 10!! Ainda Bem que a igrejinha você achou nesta vida porque na próxima ela vai estar no chão com certeza hahahah

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: