52 :: PASSAR A NOITE EM UMA HOSPEDAGEM…

por 1000 coisas para fazer antes de morrer

…TÍPICA DO MARROCOS

Nice to meet you to, Marikà. Respondi à mocinha que nos recebeu no Riad Tizwa em Fes.
O que eu vi, no meio da luz envolvente que saía por trás dela, me fez esquecer toda a perrengue que foi chegar lá. Era um estreito corredor que nos levaria para um mundo paralelo.

Era tudo tão cheiroso, a iluminação era quente, o lugar bem decorado e silencioso. Enfim, o Marrocos dos sonhos, igualzinho ao que tinha visto em um livro de hospedagens marroquinas chiques.

Marikà, me oferece um chá de hortelã. Aceito, lógico.
Meu marido, no desespero de descansar, me manda um olhar fulminante quase dizendo: “Pelamordedeus mulé, depois de dois dias vagando, sem banho, você ainda aceita um chá com fru-frus? Bando e cama, agora!”
Gente, o que eu posso fazer? Àquela hora a moça tão solícita com o chá pronto, maior clima, o pátio iluminado, cheio de velinhas, cheiroso. Eu tinha que aceitar.
Pedi desculpas, pelo meu estado de higiene pessoal, para o aconchegante sofá e me sentei na beiradinha para tomar o chá pelando, naqueles copinhos fofos.

Precisamos ligar em casa para tranquilizar a família, feito. Conhecemos Samyr, um simpático ajudante da casa. “Do you speak english Samyr?” E ele responde com as duas mãos no peito, em sinal de reverência: “Yes!”
Bom, muito bom.

Nossas malas sumiram, mágica. E o que achamos que era uma porta para outra sala era na verdade nosso quarto, com uma grande porta de duas folhas que dava direto para o centro da casa, o pátio. Fiquei meio deslumbrada, admito. Nós dois ficamos.
Assim que a porta fechou a gente perdeu a compostura de tanto rir e dizer: “Que legal! Que legaaaaal.”

Era um enorme (e-nor-me) quarto decorando lindamente no estilo marroquino com toques de modernidade. Atrás da cama (fofa, com uma linda colcha acetinada verde musgo) tinha uma espécie de biombo onde as malas foram acomodadas.
Quartão. Tinha poltrona, mesinha…

…roupões pendurados, aqueles sapatos marroquinos estilo Aladin. Tudo super arrumado.

Tomamos o banho dos banhos (pra ser perfeito só faltava uma banheira). Ainda liguei meu computador – wi-fi bombando! – e adormeci com parte das luzes acesas (eram várias fontes de luz) só para o caso de acordar durante a noite e resolver admirar o teto – e fiz isso mesmo, loucura.

Juro, me senti a Jade da antiga (antiquíssima) novela. E dá-lhe “O Clone”.

2 Comentários to “52 :: PASSAR A NOITE EM UMA HOSPEDAGEM…”

  1. Adorei as fotos!!! Mas o video…conheço tres paraguaias que dançam melhor do que ela!!kkkk Sem contar a Colombiana!!! Eheheheheheh

  2. Comentário nerd:
    Adorei a luminária da terceira foto, parece a nave que trouxe o pequeno Kal-el para a Terra.
    Donana, eu já disse isso mas torno a dizer, essas fotos são maravilhosas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: